dest.7

Os tratamentos para refluxo gastroesofágico são simples de serem aplicados, na medida do possível. Resumidamente, refluxo gastroesofágico é o resultado do mau funcionamento da válvula que fica entre o estômago e o esôfago, que não se fecha adequadamente e permite que o conteúdo ácido do estômago suba para o esôfago.

O refluxo, que contém material ácido, atinge a faringe e sobe até a boca, provocando, tal como na pirose, ardor, queimação, mal estar e em casos extremos até mesmo a morte, caso não seja cuidada com afinco pelo paciente.

Vamos acompanhar nesse artigo 10 dicas para ajudar nesse tratamento de refluxo, antes de necessariamente passar por uma cirurgia.

1 – Reconheça os sintomas

Os sintomas do refluxo gastroesofágico são azia, regurgitação, dor à deglutição e dores no tórax. Salivação excessiva e náuseas são menos frequentes. Ele tem cura e o tratamento pode ser feito com medicamentos, dieta, mudanças na alimentação e no estilo de vida, além de cirurgia, dependendo do caso.

2 – Busque um profissional

Um diagnóstico médico, feito por um profissional gastroenterologista é essencial para um bom tratamento de refluxo. Ele é o profissional indicado para analisar os sintomas e propor o melhor caminho a ser percorrido neste tratamento.

3 – Cuide da alimentação

O que podemos e o que não podemos ingerir? Uma alimentação saudável é uma preciosa dica. Procure um profissional que possa passar uma dieta mais saudável.

art.7.1

4 – Água é essencial

Um copo de água antes das refeições ajuda a equilibrar seus níveis ácidos, o que ajuda e muito na parte digestiva. Aproximadamente 20 minutos antes, beba um copo de água e fique de olho nos resultados.

5 – Dê um tempo para a digestão

Outra dica bastante válida para diminuir os sintomas é não praticar exercício logo depois de uma refeição. Dê um tempo para que o organismo possa digerir o alimento consumido na refeição.

6 – Nada de soneca

Aquela soneca após a refeição não é recomendada se você estiver no meio de um tratamento para refluxo. Evite deitar-se logo após comer. O recomendado é esperar cerca de três horas.

art.7.2

7 – Deixe o cigarro de lado

Nossa sétima dica é valiosíssima: parar de fumar. Muitos médicos recomendarão isso, por motivos óbvios, até por parte de muitos outros aspectos de sua saúde.

8 – Procure hábitos saudáveis

Determinados medicamentos ou substâncias como o álcool e a cafeína favorecem o refluxo, portanto evite-os.

9 – Bicarbonato pode ser um aliado

As propriedades do bicarbonato de sódio ajudam a neutralizar os ácidos do estômago, principalmente quando existe essa sensação de queimação causada pelo refluxo ácido. Procure um médico para saber como proceder com esse elemento.

10 – Cuide da postura ao deitar-se

Não coloque mais almofadas para elevar a cabeça quando for deitar, porque isso apenas flexionará seu pescoço, podendo causar problemas. Na realidade, o que devemos elevar é todo o tronco superior e não apenas o pescoço.

art.7.3

Agora você já sabe mais sobre algumas dicas de tratamento para refluxo gastroesofágico. Quer receber mais conteúdos médicos e informativos como esse? Então assine agora nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades.

Entre em contato com o Dr. Silvio Gabor

Deixe sua mensagem!