O-Que-E-Gastroenterocolite

A Gastroenterocolite Aguda nada mais é do que a intoxicação alimentar causada pela ingestão de alimentos ou água contaminada por produtos químicos, algumas bactérias – como Staphilococus, Shigella, Clostridium, Salmonella, entre outras – por rotavírus e suas toxinas e ainda por fungos ou até mesmo componentes tóxicos usados na plantação de alguns vegetais como a mandioca, muito consumido pelos brasileiros.

Ao contrário do que muita gente pensa a contaminação do alimento pode acontecer em qualquer fase do seu preparo, do plantio ao prato pronto e pode causar sérios problemas, principalmente a pacientes crianças ou de mais idade.

O mais comum é que a contaminação aconteça por meio de uma bactéria, sendo a mais frequente a Salmonella, já muito conhecida pelas donas de casa.

ovo

Esta bactéria tem como principal característica a capacidade de se multiplicar e viver dentro do organismo humano e por isso é tão perigosa. Ela está presente principalmente em ovos, leite e carnes que entraram em contato com fezes de animais e, que são consumidos mal lavados ou crus.

Já no caso da Staphilococus aureus a contaminação se dá no momento em que o ser humano manuseia ou prepara os alimentos, já que a infecção se dá por uma bactéria presente na pele humana que pode produzir numa toxina que causa a intoxicação.

Diagnósticos e Sintomas Comuns:

O diagnóstico da intoxicação alimentar ou gastroenterocolite aguda é pela história e exame clínico, sendo que o grau de sua intensidade e o agente causador é por exames laboratoriais e de imagem (Raio-X, ultrassom e tomografia) quando indicados. O sucesso do tratamento depende da realização e interpretação adequada de cada uma dessas etapas.

Precauções

Quem está com intoxicação alimentar normalmente apresenta dores abdominais fortes, náuseas, cólicas, febre, mal-estar e diarreia. Em casos mais graves o paciente fica seriamente desidratado, com pressão baixa e perda de peso, sendo que o paciente deve ficar internado para tratamento adequado até que o quadro seja revertido.

Vale lembrar também que existe uma grave infecção alimentar conhecida como Botulismo, causada pelo Clostridium que, além de poder causar os sintomas acima manifesta-se com alterações neurológicas. Esses pacientes apresentam dificuldade em engolir ou falar, alterações visuais, auditivas, etc.

Tratamentos da Intoxicação Alimentar:

Depois de se descobrir o agente causador da gastroenterocolite aguda, o paciente é tratado com antibióticos específicos. É necessário ficar em repouso, além de receber muito líquido e reposição de sais através de soro intravenoso. O tratamento também é feito com remédios que diminuem o mal-estar, as cólicas e náuseas e enjoos.

Tomar Muita Água

Para evitar a contaminação é importante que o paciente conheça a procedência do alimento que está consumindo e que o lave bem e de maneira correta antes do preparo do prato.

Devemos saber que consumir ovos e carnes mal passados ou crus é um dos principais meios de contaminação pela Salmonella. Dê preferência pelos bem cozidos e assados.

Contato Dr. Silvio Gabor

Entre em contato com o Dr. Silvio Gabor

Deixe sua mensagem!