Como Autodiagnosticar e Verificar se Estou com Hemorroida?

Autodiagnosticar a hemorroida pode ser um tanto mais complicado do que se acredita. Mas existem alguns indícios físicos e sensações que podem indicar que há algo de errado com seu corpo. É claro que sangramento nas fezes pode ser indício de uma série de doenças intestinais. Entre em contato com um Gastroenterologista, que o ajudará a descobrir se você tem hemorroida.

Conheça os Sintomas:

É importante frisar a importância do diagnóstico e do tratamento adequado, para que os sintomas sejam amenizados. Em alguns casos o médico o poderá indicar a uma cirurgia da hemorroida para remover o problema. Fique atento

Sintomas Sensoriais

autodiagnosticar a hemorroida: exame toque retal

Coceira no ânus:

Alguns casos de hemorroidas internas não apresentam dor, mas a coceira poderá estar presente, devido à secreção que ocorre e irrita a pele.

Dor ao evacuar:

Principalmente nas pessoas que sofrem com problemas de constipação, ao forçar para evacuar a dor aparece. E mesmo uma ida ao banheiro normal, pode tornar-se um drama quando se trata de casos mais severos de hemorroidas. E a dor quase sempre vem acompanhada de uma sensação de que se precisa ir ao banheiro novamente. Essa dor pode estar sendo causada por uma fissura, que deve ser tratada com a hemorroida.

Sintomas Visuais

autodiagnosticar a hemorroida: sintomas visuais

Sangramentos:

A forma mais comum de autodiagnosticar a hemorroida é notar a presença de sangue vivo, bem vermelho, nas fezes ou no papel higiênico. Caso isso aconteça, o ideal é procurar um médico imediatamente.

Caroços ou inchaço no ânus:

Verifique se a região está inchada ou se há a presença de alguma protuberância. Na maior parte dos casos de hemorroidas externas, é possível notar a presença dessas alterações, resultantes da dilatação das veias.

Fatores de Risco

autodiagnosticar a hemorroida: Gravidez é um fator de propensão

Funcionamento do Intestino:

Autodiagnosticar a hemorroida também pode estar ligado aos fatores de risco. Se você está exposto a alguns deles, é necessário ficar sempre alerta. A prisão de ventre faz com que você necessite de um esforço maior para ir ao banheiro. Isso pode levar a inflamação das veias que causam a hemorroida.

Longos Períodos Sentado:

Você trabalha sentado o dia todo? Essa posição também exerce pressão sobre a região, favorecendo a dilatação das veias que causam o problema.

Gravidez:

Se você já tem predisposição genética a desenvolver hemorroidas, os cuidados durante a gestação devem ser redobrados, visto que o aumento do útero também comprime as veias anais.

Estou com os sintomas, e agora?

Para receber o correto diagnóstico da hemorroida, você precisa ir ao médico e relatar o que está sentindo. Ele fará um exame físico e pedirá outros complementares para chegar à conclusão.

O tratamento é feito a base de pomadas e cremes analgésicos. Somente para os casos mais graves é indicada a cirurgia. O médico irá orientá-lo sobre quais os produtos e hábitos alimentares e são adequados e, caso necessário, tirará todas as suas dúvidas e explicará como é feita a cirurgia de hemorroida.

O mais importante é que você tenha em mente que qualquer alteração em seu organismo exige uma visita a um profissional, que irá examiná-lo e identificar o que está acontecendo.

 

Entre em contato com o Dr. Silvio Gabor

Deixe sua mensagem!