Como Descobrir se a Hemorroida Está Inflamada?

A hemorroida é um problema muito comum, que afeta boa parte da população brasileira. Existem várias manifestações da doença e diversas formas de tratamento. Esse artigo mostrará os tipos da enfermidade e o que fazer quando estiver com a hemorroida inflamada.

O que pode acontecer caso a hemorroida não seja tratada:

Os Dois Tipos de Hemorroida:

A inflamação causada pela doença hemorroidária pode estar na parte interna do ânus ou na parte externa. Cada tipo apresenta sintomas específicos e exige tratamentos específicos. Entenda a diferença entre hemorroida interna e hemorroida externa:

1 – Interna:

Nesse caso a hemorroida inicia-se com uma inflamação no interior do ânus. Por causa disso, nem sempre é percebido pelo paciente nas suas primeiras fases. É comum haver sangramento na hora da evacuação, o que pode causar desconforto. Em casos mais graves a parte afetada sai do ânus, causando um incomodo imenso ao paciente.

2 – Externa:

A hemorroida externa apresenta-se como um nódulo na borda anal. Pode ocorrer o coagulação do sangue no interior do vaso (trombose hemorroidária). Essa situação deixa o nódulo sensível e duro e é coberto por uma pele fina e tem o tom azulado.

hemorroida inflamada: grau de evolução

As hemorroidas internas ainda podem apresentar vários graus de gravidade, veja:

  • Grau I: Sangramento sem exteriorização da hemorroida
  • Grau II: Sangramento e as partes inflamadas da hemorroida saem do ânus na hora da evacuação. Nesse grau elas retornam espontaneamente
  • Grau III: Quando além de sangrarem e as partes inflamadas saem do ânus, mas não podem voltar sem a ajuda da mão
  • Grau IV: Além de sangrarem a hemorroida para fora do ânus permanentemente. Nesses casos a parte exteriorizada não pode nem ser posta para dentro com a mão.

Como Saber se é Hemorroida Inflamada?

hemorroida inflamada: sintomas comuns

Você precisa estar atento aos sintomas da doença. Quando as veias anais estão inflamadas, elas costumam causar algumas dores e desconfortos. Preste atenção nessas situações:

  1. Sangramento: Quando for ao banheiro para defecar, observe no papel se há sangue numa cor vermelha viva
  2. Dores: Você sente dores na região? Normalmente elas surgem ao andar, ao sentar ou quando se está evacuando. Se as dores são constantes, é provável que seja uma hemorroida externa
  3. Nódulo ou saliência no ânus: É comum aparecerem nódulos duros e sensíveis ou saliências na região, principalmente se for o caso de hemorroidas externas
  4. Dificuldades para defecar: Muitas vezes há um incômodo que pode vir acompanhado de dores na hora de evacuar
  5. Saída de um líquido: Na hora da evacuação, as hemorroidas internas costumam liberar um líquido esbranquiçado
  6. Coceira: Os pacientes também costumam ter coceiras na região.

O que fazer nesses casos?

Se você presencia constantemente alguns desses sintomas, é provável que esteja com a hemorroida inflamada. Entre em contato com um Gastroenterologista para compreender melhor o estado da doença. Depois de confirmar o diagnóstico da hemorroida, você iniciará um tratamento especial para seu caso.

Você pode começar tomando bastante líquido e consumindo muitos alimentos ricos em fibras. Procure um médico imediatamente. Quanto antes for feito o diagnóstico e o tratamento será melhor. É possível que você precise de uma cirurgia de hemorroidas. Nessas situações é feita a remoção do tecido doente, de modo que a hemorroida não incomode mais.

 

Entre em contato com o Dr. Silvio Gabor

Deixe sua mensagem!