Como Funciona e Como é Feito o Exame de Hemorroida?

As hemorroidas consistem em veias inflamadas, inchadas e doloridas que se concentram na região inferior do ânus ou reto. Elas podem ser internas ou externas (neste segundo caso, quando são projetadas para fora).

As hemorroidas podem ocorrer em qualquer fase da vida e por inúmeras razões. Após a gestação, são ainda mais comuns. Elas resultam da alta pressão das veias anais, o que leva ao inchaço e consequente inflamação ou dor.

Quando Devo Operar:

Será que estou com hemorroida?

Só a consulta com um especialista pode lhe confirmar a condição. Sendo assim, se você está se perguntando: “como eu sei que tenho hemorroida?”, destacamos que o mais recomendado é que entre em contato com um Proctologista.

 

Banner Conversão Dr. Silvio Gabor

Alguns sintomas da hemorroida (que pode ser interna ou externa) são:

  • Um ou mais nódulos sensíveis e/ou endurecidos na região anal;
  • Dor no reto/ânus (principalmente na evacuação ou enquanto sentado);
  • Prurido e/ou inchaço na região anal;
  • Manchas de sangue vermelho vivo nas fezes, vaso ou papel higiênico;
  • Dor ou dificuldade para evacuar.

Os sintomas podem variar bastante, o que irá depender do tipo (interna ou externa) da hemorroida. Em hemorroidas internas, o desconforto pode nem sequer aparecer – enquanto as externas costumam doer bastante.

A certeza sobre a condição só vem após a realização do exame da hemorroida. A seguir, confira mais informações sobre como é feito o exame de hemorroida.

Como é feito o diagnóstico da hemorroida?

O diagnóstico da hemorroida é realizado, primeiramente, pela análise do reto/ânus do paciente. No caso de uma hemorroida externa, será possível identificá-la instantaneamente. Por outro lado, hemorroidas internas só podem ser confirmadas a partir da realização de um exame específico.

Diagnóstico: como é feito o exame de hemorroida

Mas, afinal, como é feito o exame de hemorroida?

Existem ao todo três exames que podem ser solicitados no diagnóstico da condição: exame de toque, anuscopia e sigmoidoscopia.

O exame proctológico é realizado com o objetivo de identificar qual é o tipo de hemorroida e para descartar qualquer hipótese de neoplasia. Pacientes com mais de 50 anos devem realizar ainda um exame complementar: a colonoscopia.

O exame de hemorroida é feito em 3 etapas:

Primeiramente, o médico especialista irá inspecionar a região anal, de modo a verificar se há alguma doença visível – como hemorroidas externas, fístulas, fissuras anais e possíveis condições dermatológicas capazes de causar coceira/prurido.

Depois, o médico (que deverá estar utilizando uma luva descartável) irá lubrificar o dedo com um componente muito similar ao gel, para em seguida realizar o toque retal.

O toque, parte fundamental do exame de hemorroida, tem como principais objetivos: inspecionar o tônus esfincteriano, diagnosticar possíveis orifícios fistulosos, identificar corpos estranhos, sangue na região retal, alterações na próstata e assim por diante.

Por fim, há ainda a introdução de um aparelho pequeno no canal anal para visualização clara da ampola retal.

Sendo assim, o exame é bem completo e, além de diagnosticar a hemorroida, também é capaz de identificar a presença de outras enfermidades – que devem ser tratadas o quanto antes.

 

Entre em contato com o Dr. Silvio Gabor

Deixe sua mensagem!