Como saber se tenho Hemorroida? O que fazer?

A hemorroida é um transtorno que acomete a região do ânus. Ela consiste no inchaço das veias que preenchem a região e, por causa disso, pode ocasionar a sensação de dor. Descobrindo a hemorroida é a melhor maneira para sanar esse problema, já que os seus sintomas são bem característicos. No artigo de hoje vamos descobrir como saber se você tem hemorroida e o que fazer. Confira!

O que são Hemorroidas?

Origem e Tipos de Hemorroidas:

A hemorroida, também conhecida como doença hemorroidária, pode ser classificada em Hemorroida Interna, ou seja, dentro do canal anal e Hemorroida Externa, quando aparece nas bordas desse canal.

descobrindo a hemorroida: imagem ilustrativa de uma hemorroida interna e outra externa

Como Identificar a Hemorroida:

É válido ir descobrindo a hemorroida para assim efetuar um tratamento mais eficaz e resolver esse transtorno da melhor forma possível. Nesse caso, os sintomas mais comuns da hemorroida são:

  • Coceira na região anal
  • Dor na hora e até mesmo após a evacuação.
  • Inchaço na região do ânus.
  • A ocorrência de sangramento. O sangramento da hemorroida pode ser detectado no vaso sanitário ou também no papel higiênico.

Para quem está descobrindo a hemorroida, vale estar atento se ela é do tipo externa ou interna. A hemorroida externa é a que proporciona mais desconforto e a sensação de dor.

Além disso, as hemorroidas externas são mais fáceis de serem detectadas. Isso porque elas estão relacionadas a sangramentos e também a uma sensação de dor na hora de evacuar ou de simplesmente se sentar.

descobrindo a hemorroida: você sabe o que fazer quando a hemorroida começa a doer?Em alguns casos pode ocorrer a trombose da hemorroida e a dor pode ser grande. A coceira é também outro sintoma bastante comum da hemorroida externa.

O Diagnóstico das Hemorroidas:

Na hemorroida do tipo externa, o exame físico é a maneira mais eficiente para efetuar o diagnóstico. No entanto, quando o caso é a hemorroida interna, é necessário realizar o toque retal e, se for necessário um diagnóstico ainda mais preciso, a anuscopia é utilizada.

Entre os fatores de risco que contribuem para o aparecimento da doença hemorroidária, é possível salientar:

  1. A idade avançada: geralmente acomete pessoas com mais de cinquenta anos de idade.
  2. Histórico familiar: a parte genética conta também para o surgimento da doença.
  3. Dieta inadequada: a obesidade pode facilitar o aparecimento desse transtorno. Além disso, uma dieta pobre em fibras contribui para o aparecimento da hemorroida.
  4. Gravidez: gestantes estão propensas a apresentar alguns sintomas da hemorroida.

O Tratamento das Hemorroidas:

A hemorroida em homens é tão comum quanto nas mulheres. Para garantir um diagnóstico mais preciso, entre em contato com o proctologista, visto que esse profissional conta com o conhecimento e os subsídios necessários para isso.

O médico realiza o seu diagnóstico por meio de um exame na região acometida pela doença. Após isso, ele terá as condições necessárias para averiguar qual é o tipo de hemorroida (se é externa ou interna) e assim formular o tratamento mais adequado.

De uma forma geral, o tratamento conta com mudanças de hábitos. A utilização de pomadas e de alguns medicamentos é útil no tratamento. No entanto, em determinados casos, é necessária a realização de uma cirurgia.

 

Entre em contato com o Dr. Silvio Gabor

Deixe sua mensagem!