Hemorroida Sangrando? O Que Devo Fazer? Quem Devo procurar?

A doença hemorroidária, ou “hemorroidas”, como é chamada popularmente, é um dos problemas mais comuns no mundo. Ela se desenvolve quando as formações vasculares da região anal incham e inflamam. Já foi diagnosticada hemorroida em mulheres e homens de todas as idades. Estima-se que só no Brasil 800 mil pessoas são afetadas anualmente pela doença.

Causas da Hemorroida:

Embora existam diversos sintomas, nem sempre eles apontam para a existência de hemorroidas. Por isso, é preciso contar com um especialista para ter o tratamento adequado. Saiba o que fazer em cada caso.

Como eu sei que tenho Hemorroida?

Existem dois tipos de hemorroidas, a interna e a externa. Quando a inflamação e o inchaço estão na região interna, o paciente pode não notar a doença nas suas fases iniciais. É preciso estar atento a alguns sintomas, pois em qualquer caso poderá haver:

  • Sangramento, principalmente na hora da defecação
  • Pruridos anais
  • Dores
  • Inchaço
  • Nódulo sensível na região
  • Comichão
  • Prolapso (quando a região afetada está exteriorizada)

Se você perceber um ou mais desses sintomas, entre em contato com um proctologista. Não tente realizar tratamentos recomendados por quem não é especialista. A automedicação pode agravar a situação, levando você a desenvolver outros problemas mais sérios. O proctologista saberá o que fazer no seu caso.

 

Banner Conversão Dr. Silvio Gabor

Avanço da Doença Hemorroidária:

Além de serem classificadas entre os tipos interna e externa, a hemorroida pode apresentar vários graus quando é interna. Veja quais são eles:

  1. Grau I: As veias hemorroidárias começam a ser afetadas e aumentam de tamanho.  Aparece sangramento nas evacuações.
  2. Grau II: Na hora da evacuação, além do sangramento, os mamilos hemorroidários vão para fora do canal anal e retornam espontaneamente.
  3. Grau III: Existe o sangramento ao evacuar e exteriorização das hemorridas, que só retornam com ajuda manual.
  4. Grau IV: O sangramento durante a defecação pode ser de grande volume e o prolapso é permanente e irredutível, o que causa um grande desconforto ao paciente.

Hemorroida Sangrando: O Que Fazer?

A hemorroida sangrando é sinal de que o tratamento precisa ser iniciado ou de que não está surtindo efeito. Nesses casos, é preciso ir ao seu proctologista para realizar um novo exame de hemorroida, pois a doença pode ter avançado de grau.

hemorroida sangrando: imagem sugestiva de evolução da doença

O papel do paciente é extremamente importante para conter o sangramento. Uma dieta rica em fibras e a ingestão de muitos líquidos são essenciais para o tratamento. Exercícios físicos também ajudam, desde que sejam leves. Manter os movimentos intestinais regulares é essencial, portanto evite o consumo de:

  • Tabaco
  • Café
  • Pimenta
  • Álcool

A obesidade e a gravidez também podem agravar as hemorroidas devido às pressões exercidas nos canais vasculares. Pessoas que sofrem de pressão arterial elevada estão mais expostas ao problema e precisam de um tratamento que leve isso em consideração.

hemorroida sangrando: pressão arterial elevada pode aumentar as chances da doença

Quando há um sangramento excessivo, é possível que a hemorroida tenha rompido. Em situações assim é preciso estancar o sangue e procurar atendimento médico imediatamente.

Em algumas situações é recomendada a intervenção cirúrgica, para remover o sangue coagulado. Existem ainda os tratamentos de escleroterapia, criocirurgia e ligadura elástica para os graus I e II ou a cirurgia de remoção da hemorroida para graus III e IV. Seu médico irá lhe indicar o adequado à sua situação.

 

Entre em contato com o Dr. Silvio Gabor

Deixe sua mensagem!