Estômago

Estômago

Gastrite

O estômago é semelhante a uma bolsa com formato da letra “J”, que tem a função de triturar e fracionar os alimentos, liberando-os lentamente para o intestino, onde serão absorvidos. O resultado da tritura e do fracionamento é obtido pela mistura do alimento com o suco gástrico, que contém entre outros componentes, o ácido clorídrico.

gastriteA gastrite é a inflamação do estômago. Ela pode ser aguda (recente) ou crônica (antiga), causada pela agressão do ácido na mucosa (parte interna da parede) gástrica, quer por aumento da produção de ácido, como por diminuição dos fatores de proteção da mucosa. Esse desequilíbrio entre ácido e proteção pode ocorrer por erros alimentares, como o consumo excessivo de alimentos, tanto em quantidade como em qualidade (refrigerantes, condimentos, etc.); cigarros, bebidas alcoólicas, café, chá preto; medicamentos como ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios bem como por estresse.

Existe a gastrite autoimune, quando o sistema imunológico, por mecanismos desconhecidos, cria anticorpos contra o próprio organismo.

A presença da bactéria Helicobacter pylori pode ser causa do aparecimento de gastrite ouúlceras no estômago. Alguns pacientes podem desenvolver câncer gástrico pela presença da bactéria no estômago.

O sintoma clássico é a queimação ou dor na “boca do estômago”. Pode se manifestar com perda de apetite e em alguns casos com náuseas e/ou vômitos. A sensação de “estômago cheio” rapidamente pode ser sentida. Casos em que o paciente não tem nenhum sintoma e é portador de gastrite são incomuns.

A confirmação do diagnóstico é feita pela endoscopia. Durante o exame poderá ser feito um teste para saber se há ou não a presença do Helicobacter pylori no estômago.

O tratamento visa a diminuição da produção do ácido e a melhora dos fatores de proteção da mucosa. Atualmente existem medicamentos que conseguem isso de maneira bastante eficiente e que podem ser associados a digestivos ou antiácidos de acordo com a necessidade. Em paralelo ao tratamento medicamentoso, os vícios e erros alimentares devem ser corrigidos. Fracionamento da dieta (comer menor quantidade e mais vezes durante o dia) é importante, sendo o ideal não ficar mais do que 3 ou 4 horas sem alimentar-se. Mastigar bem e comer devagar devem ser regra. Bebidas alcoólicas, cigarro, café ou chá preto em abundancia e condimentos fortes devem ser evitados ou abolidos. Medicamentos que causam gastrite devem ser suspensos quando possível, ou trocados. Antibióticos são usados quando houver a presença da bactéria.

Não existe tratamento cirúrgico para gastrite.

Úlceras Gástrica e Duodenais

O estômago é uma bolsa semelhante a letra “J”, que tem a função de triturar e fracionar os alimentos, liberando-os lentamente para o intestino, onde serão absorvidos. O resultado da tritura e do fracionamento é obtido pela mistura do alimento com o suco gástrico, que contém entre outros componentes, o ácido clorídrico.

A úlcera é uma ferida que ocorre nos mais diferentes tecidos do organismo. Quando acontece no estômago é chamada de úlcera péptica, que pode ser úlcera gástrica (no estômago) ou úlcera duodenal (no duodeno, que é o início do intestino). São úlceras benignas.

Úlcera GastricaTem como causa a agressão da mucosa (parte interna da parede) gástrica pelo ácido, quer seja por aumento de sua produção como por diminuição dos fatores de proteção da mucosa. Esse desequilíbrio entre ácido e proteção pode ocorrer por erros alimentares, como o consumo excessivo de alimentos, tanto em quantidade como em qualidade (refrigerantes, condimentos, etc.); cigarros, bebidas alcoólicas, café, chá preto; medicamentos como ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios bem como por estresse.

Fatores genéticos podem ter influência na formação das úlceras.

A presença da bactéria Helicobacter pylori pode ser causa do aparecimento degastrite ou úlceras. Alguns pacientes podem desenvolver câncer gástrico pela presença da bactéria no estômago.

O sintoma mais comum é a queimação ou dor na “boca do estômago”. Essa dor aparece após a alimentação no caso da úlcera gástrica e melhora após alimentação se for úlcera duodenal. Não é raro acordar de madrugada com dor de estômago (essa dor costuma melhorar com ingestão de leite ou antiácidos). Alguns pacientes relatam náuseas e/ou vômitos.

As possíveis complicações das úlceras são o sangramento (a ferida se abre sobre um vaso sanguíneo, causando hemorragia), perfuração (a ferida atravessa toda a parede do estômago criando um “buraco”) e estenose (após fechar, a úlcera deixa uma cicatriz que pode deformar o órgão a ponto de impedir a passagem do bolo alimentar).

A confirmação do diagnóstico é feita pela endoscopia. Durante o exame poderá ser feito um teste para saber se há ou não a presença do Helicobacter pylori no estômago e uma biopsia para afastar-se a possibilidade de ser uma úlcera por câncer. Nos casos de hemorragia, a endoscopia pode identificar o local do sangramento e controlá-lo. Radiografia simples identifica a perfuração e radiografias com contraste mostra a estenose.

O tratamento visa a diminuição da produção do ácido e a melhora dos fatores de proteção da mucosa. Atualmente existem medicamentos que conseguem isso de maneira bastante eficiente e que são associados a digestivos ou antiácidos de acordo com a necessidade. O tratamento dura entre 4 e 8 semanas, mas pode ser mantido por tempo prolongado, principalmente em pacientes que necessitam tomar ácido acetilsalicílico cronicamente. Em paralelo, os vícios e erros alimentares devem ser corrigidos, como se faz nas gastrites.

O tratamento cirúrgico (gastrectomia) é indicado quando há complicações como sangramento que não para com endocopia, perfurações e estenoses. Úlceras que reaparecem com frequência ou que não cicatrizam mesmo após tratamentos adequados, podem também ter indicação de tratamento com cirurgia.

Assine a Nossa Newsletter e seja o primeiro a receber as novidades

conheça nossa equipe

Entre em Contato

Av. Trona Constanzo, 116
Butantã - São Paulo/SP
CEP: 05516-020
(11) 3064-7088 | (11) 2339-7507
Fields marked with an * are required