doença de crohn

A doença de crohn é uma doença do sistema digestório que provoca inflamação crônica do revestimento dos intestinos grosso e delgado. Entre os sintomas apresentados pelos pacientes que apresentam esse mal estão a irritação intestinal, sensibilidade a alguns alimentos, diarreia, dores e sangramentos intestinais.

Embora as causas da doença não sejam inteiramente conhecidas, ela requer um diagnóstico médico. Trata-se de um mal provavelmente relacionado ao sistema imunológico, que provoca uma resposta exagerada perante certas substâncias infecciosas.

É uma doença que comumente surge em pessoas que passam por períodos de grande estresse ou preocupação. A doença de Crohn pode afetar tanto homens como mulheres, e o seu surgimento pode também estar relacionado com a hereditariedade.

Doença de Crohn tem cura?

Ainda não foi descoberta a cura para a doença de Crohn, contudo há tratamento e o paciente consegue viver bem. O tratamento é feito de acordo com a fase da doença (leve, moderada e grave) e tem como objetivo reduzir a inflamação que desencadeia os sintomas.

Para detectar a doença é necessário que o paciente realize exames clínicos como a endoscopia digestiva, colonoscopia, raio X do intestino, tomografia ou ressonância magnética.

Sintomas da doença de Crohn

Esse mal pode ter diversos sintomas, que variam de paciente para paciente, e que incluem:

  •         Dor na região do intestino, que se agravam especialmente após as refeições
  •         Diarreia
  •         Fezes com sangue
  •         Vontade urgente para evacuar
  •         Febre
  •         Náuseas
  •         Vômitos
  •         Fraqueza e cansaço geral;
  •         Deficiência na absorção de nutrientes e, por consequência, perda de peso
  •         Úlceras intestinais

A quem recorrer?

O coloproctologista é o profissional que poderá te ajudar a descobrir a doença e diminuir os desconfortos sentidos e aliviar os sintomas.

Fique atento: trata-se de uma doença silenciosa que pode levar meses ou anos até manifestar os primeiros sintomas, o que a torna difícil de detectar e de diagnosticar.

art.4.1

Como não existe tratamento definido, nos períodos de crise podem ser administrados medicamentos para aliviar as dores e para acalmar a diarreia.

Nos casos mais graves pode ser indicada a realização de uma intervenção cirúrgica, de forma a remover porções do intestino que possam ter sido afetadas e danificadas pela doença.

Doença de crohn além dos sintomas

Acredita-se que a tensão emocional possa influenciar a evolução da doença.

Saber lidar com a ansiedade é um dos fatores que auxiliam a controlar as crises da doença. Entre eles, adotar hábitos saudáveis e ter uma boa noite de sono, por exemplo, são fundamentais.

Evite alguns alimentos

Os sintomas da doença podem ser agravados pela ingestão de certos alimentos, como lácteos, picantes, álcool, café, frutos do mar, especiarias ou de difícil digestão, por exemplo, e podem piorar em períodos de grande estresse e preocupação.

O médico pode lhe dar dicas de como melhor conviver com a doença:

  •         Divida as refeições em pequenas porções
  •         Evitar alimentos gordurosos como manteiga, maionese, frituras e carnes gordas.
  •         Frutas, legumes e verduras devem ser diversificados
  •         Beber muitos líquidos não-alcoólicos
  •         Controlar a quantidade de fibras ingeridas (caso evacuar seja um problema).
Entre em contato com o Dr. Silvio Gabor

Deixe sua mensagem!