tratamento da diverticulite

A diverticulite é uma inflamação que ocorre no intestino grosso, parte final do intestino, que se distribui pelo abdômen formando uma espécie de U invertido. Essa parte do intestino tem a função de absorver água, além de armazenar e eliminar os resíduos da digestão. O paciente diagnosticado com a doença precisa se dedicar ao tratamento da diverticulite para evitar sérias complicações.

Quando o tratamento dessa doença é feito de forma incorreta, o paciente pode sofrer com 5 graves complicações:

1.Sangramento

A hemorragia ou sangramento no intestino pode ocorrer mesmo sem a inflamação do divertículo (chamada de sangramento diverticular). A manifestação desse problema ocorre com a presença de sangue nas fezes.

Quando o paciente relata tal sangramento ao médico, este lhe indicará uma colonoscopia, exame necessário para detectar o local e extensão da lesão.

Fique atento: em sangramentos muito intensos, podem ser necessários procedimentos mais complexos, como angiografia ou, até, uma cirurgia.

2.Abscesso

O abscesso é um acúmulo de líquido resultante de uma infecção e inflamação do tecido do intestino, que causa muita dor no abdômen e febre. Este caso requer um diagnóstico médico, que indicará ao paciente o uso de antibióticos para conter a infecção.

Fique atento: em casos mais severos será necessária ainda a drenagem do líquido infectado, evitando dessa forma que ele atinja outros órgãos e tecidos do organismo.

3.Fístula

As fístulas são comunicações do intestino com outros órgãos. Elas acontecem devido à inflamação e formação de feridas nas paredes do intestino e por conta do tratamento da diverticulite feito de forma incorreta. Entre os sintomas relatados estão a presença de fezes na urina ou eliminadas através da vagina, por exemplo.

Fique atento: O tratamento para esse problema será feito pelo  coloproctologista, por meio de procedimentos cirúrgicos específicos para correção da comunicação a localização e tamanho da lesão apresentada pelo paciente.

4.Perfuração

Em casos mais avançados da doença, a perfuração pode acontecer. Trata-se de uma complicação grave da diverticulite, que ocorre em casos avançados ou que não foram tratados corretamente, e que causa uma intensa inflamação abdominal devido às fezes que podem contaminar a região.

Fique atento: o procedimento mais comum neste caso é a cirurgia de diverticulite, realizada para a correção ou retirada da parte inflamada do intestino. O médico irá decidir se será necessário suprimir a área do intestino onde aconteceu a perfuração.

5.Obstrução intestinal

Tão grave quanto a perfuração, a obstrução intestinal também é uma complicação da diverticulite que requer procedimento médico imediato. Ela é causada pela intensa inflamação, que impede a passagem de líquidos e fezes pelo intestino, o que provoca inchaço, cólicas abdominais e vômitos.

Fique atento: em caso de obstrução parcial, o tratamento pode ser feito com remédios e jejum por um período. Já se ocorrer uma obstrução mais grave, será necessário realizar um procedimento cirúrgico para correção da alteração apresentada pelo paciente.

Com o tratamento da diverticulite feito de forma correta é possível controlar a doença. Pense nisso!

Entre em contato com o Dr. Silvio Gabor

Deixe sua mensagem!